Primeiro turno das eleições – a hora do espanto

O primeiro turno das eleições trouxe muitas surpresas, mas nada se compara com a verdadeira reforma ocorrida no Congresso.

Com 52 cadeiras na Câmara, o partido de Bolsonaro será a segunda maior força na Casa, atrás apenas do PT, que ficou com 57 deputados.

Se por um lado, os eleitores varreram a velha elite malandra: gente como Romero Jucá, Edson Lobão, Eunício Oliveira e Magno Malta, só para citar os mais famosos. Por outro lado, a tão esperada renovação na política brasileira este ano veio de maneira estranha. Em São Paulo, Janaína Paschoal, musa histérica do impeachment de Dilma, foi eleita com mais de 2 milhões de votos. O Palhaço Tiririca foi reeleito. E desta vez teve até ator pornô. Alexandre Frota, apoiador de Bolsonaro, se elegeu com mais de 150 mil votos.

Completando o elenco do quanto mais esquisito melhor, o líder do Movimento Brasil Livre, aquele guri propagador de calúnias e fake news, também ficou entre os 4 mais votados da bancada paulista.

2019 promete!

 

E você o que acha dos novos deputados?